sexta-feira, 23 de junho de 2017

Coração de Aço - Brandon Sanderson


Sinopse

Tudo começou com Calamidade, que surgiu nos céus como uma estrela de fogo, e que ninguém sabe o que é realmente. Seus efeitos, entretanto, podem ser sentidos algum tempo após seu surgimento: pessoas comuns passam a ter poderes que desafiam as leis da física e da lógica. E surge: os nomeados Épicos não apenas se tornam poderosos, mas parecem perder toda sua humanidade no processo, deixando o resto da população à mercê de suas vontades. Dentre eles o mais poderoso é Coração de Aço, um ser invulnerável a qualquer tipo de ataque e com capacidade de manipular e transformar objetos inorgânicos em metal, que decide tomar a cidade de Chicago e ali estabelecer seu império. Dez anos se passam e os Épicos governam com poder absoluto. Não existe nada e ninguém que possa impedi-los. A exceção a essa regra são os Executores, humanos normais, munidos de tecnologia de ponta que se utilizam de táticas de guerrilha para derrubar e matar o maior número possível de Épicos. E o grande objetivo de David, um jovem criado em um orfanato de Nova Chicago é juntar-se aos Executores e destruir Coração de Aço, o homem que matou seu pai e mudou sua vida para sempre.

Resenha 

O autor usou um elemento clássico das histórias em quadrinhos, mas ao invés de seguir por um caminho lúdico, onde o poder é usado de maneira nobre, mandou a real usando aquela tão conhecida máxima de que se o poder corrompe, o poder absoluto corrompe absolutamente. Brandon nos apresenta um mundo assolado pelo desmandos dos Épicos, pessoas que ganharam super poderes e passaram a oprimir os seres humanos comuns. As pessoas vivem escondidas como que em estado de sítio, esgueirando-se pelos subterrâneos da cidade, tentando sobreviver num mundo onde até mesmo a luz do sol lhes foi roubada.

Mas nem todos se curvam pacificamente ao poder implacável dos Épicos. Há seres humanos que resistem e, mesmo sem nenhum poder especial, se dedicam a levar esse reinado de super humanos à ruína. Eles são os Executores. E é planejando se tornar um deles para vingar a morte de seu pai que David passa sua vida estudando essas criaturas. Achei o protagonista um garoto adorável. Mesmo em sua obsessão em encontrar a fraqueza de seu inimigo ele não perde sua boa índole, sua ética e muito menos seu humor. Sua mania de criar metáforas é impagável e muito mais divertida ainda é sua reacão quando alguém faz uma metáfora melhor que a dele. Já Megan, que seria seu par romântico na história, é um verdadeiro porre. Garota chata, mal humorada, que se ressente de cada atitude de David, principalmente ao perceber que ele está ganhando a confiança de Professor, o líder dos Executores. Não consegui torcer pelo casal.

É muito bacana acompanhar o convívio entre os Executores, seus pequenos conflitos, os maneirismos de cada personagem e desvendar pouco a pouco seu passado. Mas fantástica mesmo é a maneira como eles descobrem a fraqueza de cada Épico, na maioria das vezes através das anotações de David. O grande trunfo do livro é justamente o mistério que há em torno do ponto fraco de cada Épico e a maneira engenhosa como os Executores usam essa fraqueza para destruí-los assim que as descobrem. Cada cena de ação é um turbilhão de adrenalina.

Uma decepção foi descobrir que Coração de Aço tem uma participação bem pequena no livro. Ele é mencionado durante toda a narrativa, conhecemos através dos diálogos dos personagens as histórias de horror que envolvem o Épico, mas como a narrativa é em primeira pessoa pelo ponto de vista de David, o vilão quase não aparece. Porém, compreendo que o mistério envolvendo o vilão, principalmente qual é sua fraqueza, é o maior atrativo do livro e, conhecê-lo com mais intimidade poderia tirar seu fascínio. E um ponto que me incomodou bastante foi uma informação sobre os Executores que é revelada nas páginas finais. Não posso dar detalhes sob risco de spoilers, mas foi algo que contrariou a premissa do livro. Tirando esses pequenos detalhes o livro é incrível, com um confronto final espetacular, sem falar na revelação genial sobre a tão intrigante fraqueza de Coração de Aço. Quero muito ler toda a trilogia.