segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Trocas Macabras - Stephen King


Sinopse

Castle Rock, na Nova Inglaterra, é um lugar tranquilo para se viver. Mas a chegada de Leland Gaunt desestabiliza a cidade através do preconceito, ódio, fraqueza e cobiça, provocando mortes e sofrimentos. Gaunt consegue isto através de uma loja de utilidades, que sempre tem algo especial para cada morador, que para conseguirem o que desejam pagam um preço simbólico para Leland, além de conceder a ele um simples favor, que consiste em pregar uma brincadeira em um de seus vizinhos. Mas o que parece algo inocente, pode ter consequências desastrosas.

Resenha

Trocas Macabras é uma das raridades de Stephen King, livro esgotado que raramente aparece nos sebos virtuais e quando isso acontece, é vendido por valores absurdos, coisa de R$ 300,00. Por isso me senti um afortunado por ter encontrado essa joia num sebo físico por apenas R$ 20,00. Ao passar no caixa morri de medo de que o dono dissesse que havia algum erro, que não era R$ 20,00, mas R$ 200,00, que o livro estava reservado, mas realmente o livreiro, numa loja não informatizada, não tinha ideia da relíquia que tinha em seu acervo. Apesar da felicidade em conseguir mais uma raridade sem gastar muito, o livro ficou dois anos na estante para ser lido, até que resolvi dar uma limada nas leituras pendentes e, finalmente chegou a hora de ler uma das obras primas do mestre do terror.

O livro é dividido em três partes, sendo a primeira delas bastante lenta. O autor descreve de forma minuciosa a vida na cidade de Castle Rock, mostrando a curiosidade que se instala entre os habitantes com a inauguração de uma nova loja chamada Coisas Necessárias, nos apresentando seu misterioso proprietário Sr. Leland, uma figura desconcertante e com o autor explorando os anseios e rancores de cada morador que por ali passa. Ele trabalha cuidadosamente cada personagem e as relações entre cada um deles, as mágoas e paixões guardadas, os segredos sórdidos, os traumas do passado que vão servindo como peças de uma bomba que a qualquer momento pode explodir. O curioso é que, apesar dos tratos faustianos que o Sr. Leland faz com cada cliente, oferecendo artigos que cada um deles deseja muito em troca de que preguem uma peça em seus vizinhos, o comerciante não obriga ninguém a fazer nada. Leland simplesmente usa as fraquezas humanas para desestabilizar toda uma cidade. Ele apenas dá um impulso para que sentimentos como cobiça, ira, ciúme, medo, lascívia, venham à tona e os próprios habitantes se encarregam de atacarem uns aos outros.

A partir da segunda parte a narrativa vai ganhando força. Os conflitos, que antes eram casos isolados vão causando efeitos colaterais, atingindo outras pessoas e assim dando início a um efeito dominó. Ao mesmo tempo em que as suspeitas do xerife Alan de que há alguém por trás de todos aqueles acontecimentos bizarros vai se tornando mais sólida, o que deixa cada vez mais definido o antagonismo entre o herói e o vilão da trama. E é na terceira parte que o livro alcança todo seu potencial de horror. King cria mais uma de suas famosas "cenas de banheiro", numa seqüência aterrorizante. Os personagens principais entram em conflito direto com os antagonistas, fazendo com que o bem e o mal entrem num confronto explosivo. E as caóticas imagens finais criadas pelo autor são de um impacto estarrecedor.

A despeito o início lento, de em muitos momentos ter achado a leitura cansativa, da quantidade enorme de personagens e de muitas vezes o autor perder o foco em suas longas dissertações, chega um momento em que o livro te arrebata e a leitura dessas 558 páginas é agradavelmente justificada. Trocas Macabras é leitura obrigatória para os fãs de Stephen King e gostaria muito que ele fosse reeditado para que todos pudessem ter acesso a esse livro fundamental para quem deseja conhecer a fundo a cidade de Castle Rock. Espero que a Suma o relance com uma edição digna de sua importância. Nem me importo se com isso essa minha preciosa edição fique desvalorizada. Nem paguei muito nela mesmo.

5 comentários:

  1. Torço muito que reeditam Trocas macabras por aqui, pois é o livro do mestre que mais quero ler dentre os que não tenho. Definitivamente não estou disposto a pagar um valor alto, mesmo ficando tentado !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito importante na bibliografia do mestre, precisa mesmo ser relançado.

      Excluir
    2. Acabei de terminar a leitura em PDF. A última terça parte eu queria ler tudo de uma vez só de tanto que estava gostando. Achei um dos melhores vilões do autor, um dos melhores finas, enfim, Trocas macabras entrou no meu top 5 de obras do mestre !!

      Excluir
    3. Realmente ele fica mais empolgante nessa fase, e concordo quanto ao vilão e o final é espetacular mesmo.

      Excluir