terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Metas literárias para 2017



Feliz ano novo pra vocês! Espero que tenham passado bem. E comecemos 2017 já fazendo planos. Esse ano pra mim será corrido, mas como já pude comprovar por experiência própria, quanto mais ocupados estamos, maior é a nossa capacidade de administrar nosso tempo. Por isso, quero continuar com o blog e organizar minhas leituras. Nunca estipulei nenhuma meta literária pois achava que não iria cumprir, mas no final desse ano que passou consegui reduzir em muito os livros não lidos da minha estante e com isso me animei pra me planejar melhor nesse ano. Aí vão então minhas metas literárias para 2017.

Reduzir ao máximo meus não lidos

Pra mim, comprar livros é algo tão prazeroso quanto ler. Não consigo passar na frente de um sebo sem entrar e mais difícil ainda é sair sem levar nada. Por isso compro muito mais livros do que eu consigo ler e chega um momento em que o acúmulo de volumes não lidos me dá aflição. Mas esse ano quero reduzir ao máximo possível minhas leituras pendentes. São cerca de trinta livros acumulados e, descontando aqueles que certamente vou abandonar, lendo pelo menos dois por mês eu bato minha meta.


Retomar minhas séries

Em 2015 li o primeiro livro dos Arquivos Bower, série de Steven James, e achei fabuloso. Mas até agora não li mais nenhum volume. Preciso corrigir isso. Tenho O Bispo, quarto livro da serie, mas preciso adquirir os anteriores. A série Mortal de J.D Robb é outra que empaquei no primeiro volume. Quero continuar com a série Myron Bolitar e espero que a Arqueiro continue publicando até fechar a coleção e eu poder ler na ordem, pois parei em Detalhe Final. Darei mais uma chance à J. R. Ward e sua Irmandade da Adaga Negra, lendo O Rei. A série está pior à cada volume e não sei se vale a pena continuar. Preciso também me atualizar com Dan Brown, autor que não leio há muitos anos. Em setembro será lançado Origin, nova aventura de Robert Langdon e quero estar em dia com o personagem.


Releituras

Reler um livro é sempre uma emoção. Mas com tanta coisa nova sendo lançada fica difícil reler tudo o que eu quero. Compro muitos livros que já li há muito tempo e é frustrante deixá-los esperando. Mas esse ano pretendo fazer pelo menos uma releitura por mês. Em 2017 fará dez anos que li meu primeiro livro de Tess Gerritsen, que foi O Cirurgião e já está na hora de fazer uma retrospectiva da série Rizzoli e Isles. Quero muito reler os livros de Robin Cook da série Jack Staplenton e Laurie Montgomery. Muitas obras de Dean Koontz também estão implorando uma releitura. E é claro, Sidney Sheldon, autor por quem tenho um imenso carinho. Revisitar suas obras sempre me dá uma sensação reconfortante.


Stephen King

Esse ano quero zerar meus livros do Stephen King (calma, já li a maioria dos livros dessa foto) para assim poder comprar outros. Desde o lançamento de Cujo que o estou namorando, mas não quero deixar os antigos encostados por mais tempo. Comprei Sob a Redoma e Trocas Macabras em 2015 e ainda não consegui ler. Sem falar em Duma Key, que comprei ano passado. E adoraria começar a série A Torre Negra, mas acho que não vai rolar.

Comprar menos livros

Mas nada disso que planejei será possível se eu continuar comprando livros como se não houvesse amanhã. Compro em média cinco livros por mês, o que não é muito, mas em 2015 cheguei a comprar mais de dez de uma vez só, aproveitando ofertas e por isso a leitura pendente se acumulou assustadoramente. Esse ano não quero comprar mais de três por mês, até porque tem os livros da parceria com a Record, caso esta continue vigente, ainda não sei. Dessa forma será matematicamente impossível eu não deixar a leitura em dia. Pois, apesar de ser muito gostoso ter uma estante cheia de livros inéditos pra você escolher, sinto falta daquela sensação de comprar um livro novo quando não se tem nada de bom pra ler.

E são essas minhas metas, pessoal. Não parece ser difícil, mas só tentando pra saber. Espero que no final do ano voltemos a conversar sobre esse assunto e eu tenha cumprido pelo menos grande parte do que planejei.





4 comentários:

  1. Leia Sob a Redoma o quanto antes ! Simplesmente fantástico !

    ResponderExcluir
  2. Gente vc quase nunca na vida faz posts assim, só conversando coma gente. Vc precisa fazer mais vezes. Eu gostei bastante!! Esse ano eu fiquei mais nas minhas metas pessoais do que literária. Eu tenho muitos planos em mente para esse ano e claro que pretendo encaixar muitas leituras pelo caminho. Saudades de ti amigo eboa sorte com seus livros imensos pra ler kkkk sob a redoma é infinitoooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, de vez em quando é bom apenas conversar. Também tenho muitas metas pessoais esse ano, mas nos ontervalos dá para organizar as leitura. Abraços.

      Excluir