quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

O Canto das Sereias - Val MacDermid


Sinopse

Um assassino abandona os corpos mutilados de suas vítimas, todos homens, em redutos gays. A polícia reluta em confirmar que se trata da ação de um serial killer, mas após o quarto crime não há mais como negar, e os serviços de um profiler são solicitados. Tony Hill é contratado para para elaborar um perfil criminal do assassino. Por causa da ausência de pistas, o psicólogo Tony Hill é convocado para ajudar na investigação. Com a ajuda da detetive Carol Jordan, sua missão é entrar na mente do criminoso e estabelecer um perfil que possibilite desvendar sua identidade. Porém, mesmo para um profissional experiente como ele, a violência praticada em cada assassinato é algo com o qual nunca lidou.

Resenha

A história se divide em dois períodos. No presente, temos a polícia diante de quatro assassinatos de homens cujos corpos foram abandonados em redutos gays. No passado recente, temos o ponto de vista de um assassino misterioso, que destila crueldade na maneira como executa seus crimes. O mais interessante dessa forma em que a narrativa foi dividida, é que à medida que a polícia vai fazendo descobertas a respeito dos crimes e criando suas teorias sobre a identidade do culpado, nós vamos acompanhando cada crime através da narrativa em primeira pessoa do assassino. Dessa forma, sempre que a narrativa se desloca para as cenas narradas pelo criminoso, que se passam alguns meses antes da narrativa principal, nós já sabemos quem serão as vítimas e como elas serão encontradas. Mas os detalhes macabros e instigantes, da maneira como o assassino se aproximou de cada uma, como as capturou e matou, vão sendo revelados pelo próprio no decorrer da leitura.

Sem conseguir avançar nas investigações, a polícia contrata os serviços de um profiler, o problemático Tony Hill, que desperta o interesse da inspetora Carol Jordan. O que é curioso em relação ao casal, é que ambos se sentem excluídos do meio onde trabalham. Ela, por ser mulher num mundo dominado por homens machistas e ele, por ser um acadêmico cujas teorias são ridicularizadas por policiais, que se recusam a aceitar que todo o seu jargão psicanalítico seja mais eficiente na solução de crimes do que os métodos convencionais. Carol e Tony se aproximam um do outro com muita cautela, temendo se ferir, um cercando o outro, mas mantendo uma distância segura. Essa hesitação faz com que torçamos ainda mais para que se entendam de uma vez.

A autora explora também, de modo muito competente, o jogo de interesses que há por trás de uma investigação. Há vários personagens em conflito nos bastidores da força policial. Um fazendo uso das piores baixezas para dar o caso como solucionado, mesmo que seja necessário punir um inocente, outro passando informações à uma jornalista inescrupulosa, outro correndo o risco de ganhar perigosos inimigos somente por agir com ética. O livro tem muitos desdobramentos nesse sentido, levando a história por caminhos imprevisíveis.

Mesmo tendo lido ótimos livros sobre serial killers nos últimos tempos, O Canto das Sereias me impressionou. Posso dizer que o livro superou em muito as minhas expectativas. Só levei mais de uma semana para terminá-lo por pura falta de tempo e não devido às suas mais de quatrocentas páginas, pois, à cada vez que o pegava, relutava em largá-lo. Esse é o primeiro livro do casal Carol e Tony e acho uma pena que tenha demorado quase vinte anos para chegar ao Brasil. Há vários livros de Val publicados aqui, mas com outros personagens. Espero que, agora que a Bertrand publicou o primeiro, a editora siga com a série, de preferência, na ordem correta. Enquanto isso não acontece, me contentarei com os outros títulos da Val e comentarei cada um deles com vocês.

19 comentários:

  1. muito obrigada pelo comentário eu fico imaginando o seu esforço para aparecer em um canal adolescente....rsrsrs (vc faz leitura de gente grande) aliás estou lendo Lágrimas de Dragão do autor Dean Koontz putz é muito bom não consigo parar de ler...tem uma parte que o louco pscopata vai dizendo imúmeros títulos das canções do Elvis é engraçado e inteligente. Na verdade estava procurando o livro que vc indicou do autor em uma outra postagem do seu blog mas não encontrei grátis, queria conhecer o autor e encontrei Lágrimas de Dragão e adorei o autor vlw muito mesmo acho que vou dar uma guinada nos gêneros graças ao seu blog ..é muito bom
    http://theluckstar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esforço nenhum, também curto livros para adolescentes, embora não seja minha prioridade. Esse livro do Dean é um dos meus preferidos, principalmente por causa do vilão, que é medonho. Também estou precisando dar uma variada nos gêneros.

      Excluir
  2. essa resenha de hoje também é forte ...muito interessante preciso conhecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é um tema denso, mas o texto é bem fluído.

      Excluir
  3. Se sabe que eu nunca leio livros policiais é muito dificil kkk mas é que é muito confuso pra mim livros em terceira pessoa e geralmente esse genero é tudo em terceira pessoa, muitos personagens eu fico todo perdido #LOST... mas eu gostei muito da resenha, estão ficando melhores com o passar do tempo cara!! Falow

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto porque me instiga a decifrar os enigmas junto dos detetives. Quanto à resenha, estou tentando escrever menos, resenha longa dá preguiça de ler. Mas está difícil me editar.

      Excluir
  4. O Canto das Sereias se encontra entre os meus preferidos do gênero. As páginas contendo a visão do serial killer é deliciosamente brutal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais uma das boas indicações que peguei em seu blog, lamento muito que você tenha desistido de escrever.

      Excluir
  5. Olá!
    Curti a resenha, ainda mais pelo livro mostrar essa parte dos bastidores da força policial!
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! NOS SIGA E PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Thalita, é um tema que sempre enriquece muito o livro.

      Excluir
  6. Se tem um tema que gosto muito em livros e filmes é o policial, detetivesco...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, e esse é um dos melhores nesse estilo.

      Excluir
  7. Ronaldo, talvez lhe interesse:
    http://visitasgratis.com.br/?m=61163079

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece ser muito bom, eu gosto muito de livros desse estilo. ótima resenha, parabéns! Seguindo seu blog^^
    Beijos, bia.
    http://completaloucuraa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Voltei para convidá-lo a visitar meu Site:
    Grande abraço, amigão.

    www.paulinhobomfim.wix.com/paulinhodhiandrade

    ResponderExcluir
  10. Visitei seu blog e gostei do comentário sobre o livro do Green... valeu a dica. As vezes, ou muitas vezes, uma adaptação de livro não cai bem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim os livros costumam ser melhores, mas nem sempre.

      Excluir